Menu

Jardim

O Latex Outdoor √Č Um Selante Efetivo Para Poda?

A poda é essencial para manter a forma de certas árvores da paisagem e arbustos e para controlar o seu crescimento, bem como pragas e doenças. Muitos jardineiros foram aconselhados a selar feridas de poda com tintas látex externas ou externas para evitar a entrada de patógenos na madeira. Feridas de poda de pintura, no entanto, é…

O Latex Outdoor √Č Um Selante Efetivo Para Poda?


Neste Artigo:

A tinta l√°tex exterior cria uma camada imperme√°vel sobre os cortes de poda.

A tinta l√°tex exterior cria uma camada imperme√°vel sobre os cortes de poda.

A poda é essencial para manter a forma de certas árvores da paisagem e arbustos e para controlar o seu crescimento, bem como pragas e doenças. Muitos jardineiros foram aconselhados a selar feridas de poda com tintas látex externas ou externas para evitar a entrada de patógenos na madeira. As feridas de poda de pintura, no entanto, não são baseadas em fatos científicos, de acordo com o "Arizona Master Gardener Manual" da University of Arizona Cooperative Extension. A tinta não ajuda a curar as feridas, ou cortes, e poderia promover a infecção neles.

Resultados da vedação

Tintas l√°tex externas e outros materiais usados ‚Äč‚Äčpara selar as feridas de poda realmente selam a umidade e a deteriora√ß√£o, e podem servir como fonte de alimento para os pat√≥genos. Pintar os cortes tamb√©m impede a forma√ß√£o de madeira, o que pode retardar a cura. As feridas pintadas n√£o s√£o protegidas dos organismos de decomposi√ß√£o e, portanto, podem apodrecer, particularmente se houver umidade por tr√°s da tinta.

Vedação desnecessária

As √°rvores adquirem ferimentos de v√°rias maneiras al√©m da poda. Por exemplo, uma pequena √°rea de les√£o ocorre quando uma folha cai e ferimentos maiores ocorrem quando os galhos quebram devido ao vento forte ou a danos aos animais. As les√Ķes nas √°rvores, no entanto, n√£o cicatrizam, de acordo com um artigo no site do Centro de Pesquisa e Extens√£o de Puyallup, da Universidade Estadual de Washington: As √°rvores isolam os danos formando madeira que fisicamente e quimicamente impede a invas√£o de pat√≥genos. Um calo se desenvolve na borda de um local da ferida, e o calo gradualmente se expande em dire√ß√£o ao centro da ferida. A √°rea danificada permanece, mas a √°rvore n√£o est√° em perigo de infec√ß√£o. Pintar uma ferida de √°rvore √© essencialmente uma pr√°tica est√©tica que n√£o faz nada para ajudar a √°rvore a se curar. Em vez disso, a tinta inibe a forma√ß√£o do calo, uma situa√ß√£o prejudicial √† √°rvore.

Prevenção Adequada de Doenças

M√©todos que n√£o envolvem a selagem de feridas de poda ajudam as √°rvores e os arbustos a se recuperarem da poda e a prevenir doen√ßas. Por exemplo, fa√ßa cortes de poda durante o outono ou inverno, quando as temperaturas s√£o mais baixas do que em outras √©pocas do ano. Durante esse per√≠odo, as taxas de infec√ß√£o e as popula√ß√Ķes de insetos est√£o normalmente em seus pontos mais baixos. Se voc√™ tiver que podar durante os per√≠odos mais quentes, aplique uma leve camada de inseticida ou fungicida, e n√£o de tinta, nos locais da ferida. Esterilizar suas ferramentas de poda antes e depois do seu uso tamb√©m ajuda a reduzir a transmiss√£o de certas doen√ßas de plantas.

Dicas para cortes

Poda deve ser realizada para evitar danos ou estresse indevido. Ao podar um pequeno galho ou galho, por exemplo, recorte-o em um galho que se cruza ou um broto vigoroso que aponta na dire√ß√£o que voc√™ deseja que o novo crescimento tome. N√£o deixe um esbo√ßo sobre o bot√£o, mas tamb√©m n√£o corte na raiz. Cortar em uma inclina√ß√£o ao remover um membro que cresce para cima evita que a umidade se acumule no corte. Se voc√™ precisar podar um galho com mais de 5,5 cm de di√Ęmetro, comece a cortar a parte de baixo do galho de 6 a 12 polegadas para fora do tronco, mas corte apenas um ter√ßo do galho naquele ponto; fa√ßa um segundo corte no topo do ramo, mas 3 polegadas mais longe do tronco do que o corte inferior. Corte em dire√ß√£o ao lado inferior do topo do ramo at√© que o ramo caia. O toco que permanece deve estar de volta para fora do colar do ramo, que √© a √°rea um pouco mais grossa onde o galho cresce do tronco ou de um galho maior.


Guia De Vídeo: .

O Artigo Foi √ötil? Diga A Seus Amigos!

Leia Mais:

Adicionar Um Coment√°rio