Menu

Casa

Dicas E Conselhos Sobre Problemas De Associação De Condomínios

Na maioria dos condomínios residenciais, os proprietários das unidades individuais serão membros de uma associação de condomínio privado, um responsável pela manutenção, reparos, segurança e outros assuntos relacionados a manter o prédio habitável. Muitas vezes, a associação elegerá um grupo menor de membros para atuar como um condomínio…

Dicas E Conselhos Sobre Problemas De Associação De Condomínios


Neste Artigo:

Condomínios são geralmente regidos por conselhos.

Condomínios são geralmente regidos por conselhos.

Na maioria dos condomínios residenciais, os proprietários das unidades individuais serão membros de uma associação de condomínio privado, um responsável pela manutenção, reparos, segurança e outros assuntos relacionados a manter o prédio habitável. Muitas vezes, a associação elegerá um grupo menor de membros para atuar como um conselho de administração, que é encarregado de executar os estatutos da associação. Embora pretenda simplificar as questões administrativas, as associações de condomínios também podem ser uma fonte de problemas.

Função

Segundo o advogado Jeffrey A. Goldberg, especialista em lei de condomínios, a principal função do conselho de um condomínio é administrar adequadamente o estatuto social da associação, garantindo que eles não entrem em conflito com os estatutos legais relevantes e, quando necessário, empurrando para alterá-los.. Esses estatutos geralmente cobrem várias áreas comuns, incluindo a manutenção dos terrenos do prédio e a cobrança e o pagamento de taxas de associação.

Significado

Em sua função primordial - interpretar e executar o estatuto de associação - os conselhos do condomínio se assemelham aos poderes judiciário e executivo de um governo. Muitas associações fornecem suas decisões com legitimidade legal, escrevendo seus poderes nos contratos dos proprietários do condomínio. Assim, aqueles que buscam resolver um problema devem se referir às leis escritas da associação de condomínios por motivos sob os quais argumentar.

Considerações

Os conselhos de condomínios não têm autoridade para arbitrar sobre todos os assuntos, apenas aqueles que estão legalmente encarregados de supervisionar. De acordo com a Procuradoria Geral de Nova York, questões não explicitamente abordadas em documentos condominiais são assunto para os tribunais, não para o conselho. Se um proprietário do condomínio acredita que seu conselho está em violação da lei do condomínio, o escritório do procurador-geral sugere que o inquilino primeiro apresente sua reclamação ao conselho verbalmente. Se isso falhar, o inquilino deve enviar uma carta reiterando sua queixa, mantendo uma cópia para seus próprios registros. Se isso também falhar, então ele deve considerar a possibilidade de consultar um advogado especializado em lei de condomínios.

Prevenção

Segundo a Investopedia, uma das melhores maneiras de evitar problemas com uma associação de condomínio é se tornar ativa dentro do conselho. Mesmo se você não for um membro, você ainda pode participar de reuniões. Ao fazer contribuições positivas, você pode promover a mudança e agradar aqueles que um dia poderão arbitrar sua disputa.

Avisos

De acordo com o Washington Post, uma das piores formas que um proprietário de condomínio descontente pode agitar para mudar é reter seu pagamento mensal. Embora isso possa parecer uma boa maneira de comunicar sua insatisfação, violar o contrato do proprietário do condomínio pode levá-lo em sérios problemas legais. Não só você pode enfrentar uma ação judicial ou até mesmo um possível encerramento, mas se sua diretoria relatar suas ações a uma das principais agências de geração de relatórios de crédito, sua pontuação de crédito poderá ser muito prejudicada.


Guia De Vídeo: Principal reclamação nos condomínios é com o barulho dos vizinhos.

O Artigo Foi Útil? Diga A Seus Amigos!

Leia Mais:

Adicionar Um Comentário